Tutorials

Entenda os mercados de criptomoedas em alta e em baixa

Se você negocia criptomoedas, já deve ter encontrado os termos “mercado em baixa” (“bear market”) e “mercado em alta” (“bull market”). Não se preocupe. É normal ficar confuso com esses termos. Mas que eles têm a ver com criptomoedas?

A verdade é que os mercados em alta e em baixa afetam muito a mentalidade dos investidores. Mas primeiro, vamos definir o que são esses mercados e como diferenciar o tipo de mercado em que você se encontra.

O que é o mercado em baixa? 

Um mercado aponta para a baixa quando há uma tendência significativa de queda em um período relativamente curto. Basicamente, é quando você vê os preços caírem rapidamente.

Alguns dizem que o ambiente de negociação pode ser classificado como “mercado em baixa”, ou “bear market”, quando mantém uma queda de 20% durante um período de 60 dias ou mais. Esse número de 20% costuma ser arbitrário, e nem sempre as tendências são tão óbvias assim. Para reconhecer os padrões de baixa menos óbvias, muitos analistas usam diversas ferramentas e sistemas.

Mercados em baixa são causados geralmente por diminuição de atividade econômica, ou seja, menos empregos, menos renda disponível, menos lucros de empresas ou — geralmente — baixa produtividade.

E o que é o mercado em alta? 

Mercados em alta, ou “bull markets”, são o oposto de mercados em baixa. Eles apresentam tendências de alta durante curtos períodos. Esses ambientes de negociação costumam se caracterizar pelo otimismo entre investidores, já que possuem expectativas de que os preços vão subir.

Durante um mercado em alta, os investidores têm mais confiança porque esperam que resultados confiáveis vão se manter por períodos maiores (apesar de ser difícil prever sempre as tendências).

Mercados em alta e em baixa no contexto das criptomoedas

Embora esses dois termos tenham se aplicado principalmente aos mercados tradicionais, eles passaram a fazer sentido também nos mercados de criptomoedas. Mas como os mercados de criptomoedas são menores e mais voláteis, é mais comum se deparar com um mercado cripto em alta ou em baixa considerável ou prolongado.

Bull and Bear Market Chart

A origem dos termos

O significado desses termos é simples de entender: baixa (ou “bearish”) indica tendência de queda, e alta (ou “bullish”) indica tendência de elevação. Mas se você for como nós, deve estar se perguntando o porquê dessa denominação em inglês. O urso e o touro (respectivamente, “bear” e “bull” em inglês) representam força e poder, mas por que um urso é usado para indicar tendência de queda e um touro indicaria padrões de alta? Há duas respostas para isso, e ambas são muito usadas para explicar sua origem.

A primeira delas é uma explicação histórica. Antigamente, os comerciantes de peles de urso precisavam lidar com intermediários. Esses intermediários especulavam com o preço futuro das peles, esperando que os caçadores lhes vendessem a um valor menor (principalmente esperando a queda dos preços). Os intermediários começaram a ser chamados de “ursos”, termo que passou a se relacionar com uma baixa no mercado, algo esperado por esses mesmos “ursos”. Por outro lado, touros eram considerados o oposto de ursos devido a um esporte popular que colocava esses animais para travar uma luta sangrenta. E como touros eram vistos como o oposto de ursos, o termo acabou se relacionando com uma tendência de alta.

A segunda explicação tem a ver com a forma com que esses animais atacam. Ursos arrastam as patas para baixo, e touros movem os chifres para cima. Dependendo de para quem você pergunta, é simples assim.

Como aproveitar cada mercado

Dito tudo isso, há como obter vantagens com os dois tipos de mercado. O fato de mercados em baixa apresentarem tendências de queda não significa necessariamente que não oferecem oportunidades para ganhar dinheiro.

Mas primeiro, vamos falar de como aproveitar um mercado em alta. Geralmente, os investidores aproveitarão o mercado com tendência de alta chegando antes, usando os preços em elevação para ganhar dinheiro rápido e saindo do mercado assim que o ativo atingir seu pico. Ninguém sabe exatamente quando ocorre um pico no mercado. Mesmo assim, se você observar atentamente seu investimento, as perdas podem ser mínimas e, geralmente, temporárias.

Se parecer que a coisa vai sair dos trilhos e você sentir a chegada de uma tendência de baixa, talvez vá querer reduzir suas posições, especialmente se tiver criptomoedas menos estáveis. Em momentos assim, pode ser melhor migrar seus investimentos para outros ativos como dinheiro ou metais preciosos. Esses tipos de ativos tendem a manter seu valor diante de crises e colocar você em uma boa posição para o próximo mercado em baixa. Ao final do ciclo de um mercado em alta, muitas criptomoedas de qualidade podem estar disponíveis a preços baixos, o que lhe permite duplicar — ou até triplicar — seus investimentos.

Aproveitar um mercado em baixa já é um pouco mais complicado. Os investidores costumam adotar uma estratégia chamada “venda a descoberto”, ou “short selling”. Ela envolve a venda de ativos emprestados na esperança de recomprá-los a um preço menor. Mas essa é uma negociação extremamente arriscada e só deve ser adotada por negociantes experientes.

Mercado em alta x mercado em baixa

Como já mencionado, há oportunidades para ganhar dinheiro em ambos os tipos de mercado. Portanto, não fique tão de fora durante a baixa. O fundamental é saber que essas estratégias são bem diferentes para cada tipo de mercado. Você deve conhecer o tipo de mercado em que está para saber qual estratégia de negociação adotar.

Como acontece com qualquer investimento, investir em criptomoedas é sempre arriscado. Para minimizar esses riscos, faça o dever de casa e nunca invista nada que não esteja disposto a perder. Ativos digitais como criptomoedas ainda se encontram em estágios iniciais e estão amadurecendo à medida que avançamos. Eles podem ser incrivelmente voláteis e gerar emoções fortes.

Nessa arena, conhecimento é realmente poder. Pesquisar vai ajudar você a reduzir todos os possíveis riscos. Leia blogs, assista a vídeos e participe de fóruns. Acredite, isso ajuda muito. E quando você finalmente se sentir seguro, vai ver que tudo é mais simples do que parecia no início.

* O conteúdo deste artigo possui fins unicamente informativos. Você não deve considerar nenhuma dessas informações ou outros materiais como aconselhamento jurídico, fiscal, financeiro, de investimento ou de qualquer outra natureza.

Iggi Vargas

All his life, Iggi has been interested in the arts—painting, music, film, writing, and now, cryptocurrency. He loves to connect with other people and figured, what better way to do so than through the magic of borderless cryptocurrency? He's been learning and writing about cryptocurrency for over two years now, with no plans of stopping soon.

More Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *