Muitas pessoas têm bitcoin (BTC) hoje em dia, mas nem todas. Na última década, a criptomoeda vem ganhando pouco a pouco impulso em mercados financeiros e diversas instituições financeiras. Muitos países têm explorado os incríveis potenciais do bitcoin, tais como sistemas de pagamento rápidos, acessíveis e mais baratos, transferências de dinheiro internacionais, entre outras aplicações.

Ainda que haja várias coisas que você pode comprar e tentar fazer com BTC, suas excelentes aplicações ainda não chegaram a todas as partes do mundo. Para que a adoção do bitcoin se generalize, há fatores fundamentais que devem ser cuidadosamente examinados e considerados. Mas antes de nos aprofundarmos em alguns deles, vejamos como anda a adoção do bitcoin atualmente.

A taxa de adoção do bitcoin em 2020

Estamos entrando lentamente em um mundo digital onde transações sem papel são o novo normal, o que inclui moedas convencionais (fiduciárias) passando a ser moedas digitais e criptomoedas como o bitcoin. As criptomoedas estão se tornando cada vez mais comuns hoje em dia, e muita gente está experimentando essa forma engenhosa de dinheiro.

Nos primeiros anos do bitcoin, ele recebeu muita reação de diferentes setores e jurisdições. Alguns se mostraram abertos à ideia, mas outros acharam difícil compreender e considerar a nova moeda um ativo para uso de longo prazo. Depois de mais de uma década, pessoas de vários países estão passando lentamente a aceitar as poderosas aplicações da criptomoeda, gerando assim o provável crescimento na taxa de adoção do bitcoin.

Dados recentes da Statista demonstram a prevalência da titularidade da criptomoeda em diferentes regiões do mundo. Estão entre os principais países em que as pessoas possuem e usam bitcoin e outras moedas digitais para remessas e outras transações de pagamento Nigéria, Vietnã e África do Sul, para mencionar alguns.

Vejamos como exemplo alguns setores de mercado e empresas que aceitam BTC como pagamento. Importantes empresas dos setores de entretenimento, esporte, automotivo, alimentos e bebidas, tecnologia, serviços bancários, finanças e outros estão começando a aceitar bitcoin como meio de pagamento para seus produtos e serviços.

De passagens aéreas e hotéis a pizzas, carros de luxo e até mesmo viagens espaciais, você ficaria surpreso ao descobrir tudo que pode fazer com o bitcoin. Também há milhares de plataformas de troca e mercados de criptomoedas surgindo na internet. Tudo isso mostra que uma boa parte da população mundial já percebeu o verdadeiro poder por trás do bitcoin.

Os principais fatores que levam à adoção em massa do bitcoin

Para que a curva de adoção do bitcoin suba ainda mais, alguns fatores devem ser considerados. Vejamos alguns deles.

1. Preocupações legais e regulatórias

Graças a suas características únicas, o bitcoin está se tornando um meio eficaz para chegar à população com pouco ou nenhum acesso a serviços bancários. Mas essa meta revolucionária ainda esbarra em algumas questões legais e regulatórias, que variam segundo cada jurisdição.

O BTC tem uma natureza descentralizada, mas os governos e bancos centrais dos países ainda detêm a autoridade sobre a legalização de ativos de criptomoedas. Ainda que ele esteja se tornando amplamente aceito nas maiores cidades e países, alguns permanecem céticos. É por isso que os bancos centrais ou instituições financeiras dos países desempenham um importante papel na generalização da adoção do bitcoin.

Estônia, Japão, Singapura, Alemanha, Suíça e Reino Unido são apenas alguns dos muitos países onde as pessoas podem manter e gastar livremente seu BTC. Mas há países como Arábia Saudita, Catar e outros que proíbem o bitcoin em seu território.

2. Valor de uso

Fazer pagamentos, transferir dinheiro e investir em mercados são apenas algumas das aplicações do bitcoin. Mesmo hoje, ninguém pode dizer com certeza se essa criptomoeda dominante pode ou vai substituir moedas nacionais no futuro.

Por exemplo, transferir dinheiro com bitcoin é muito mais barato e rápido em comparação com fazer o mesmo usando moedas convencionais. Por outro lado, ainda há limitações para realizar transações com bitcoin, especialmente em países onde bancos e outras empresas de remessa tradicionais ainda são os principais meios de remessa.

Como o BTC ainda não é aceito mundialmente como forma de pagamento, as possibilidades de pagamentos diretos e compras ainda são limitadas.

3. Capacidade tecnológica

Por ser uma moeda digital, o bitcoin funciona e opera com o emprego de uma poderosa tecnologia. O processo para adquiri-lo — a mineração — requer equipamentos de alta potência, uma excelente conexão à internet, enorme capacidade de armazenamento e muita energia elétrica. Esses requisitos têm sido um problema em alguns países, especialmente se considerarmos o grande consumo de energia da mineração.

Além da mineração, ter acesso ao bitcoin pode parecer difícil e complicado para algumas pessoas. Comprar, manter e gastar BTC requer um smartphone ou um notebook com conexão à internet. Embora uma grande parcela da população já conte hoje com esses e outros dispositivos digitais, a conexão à internet está entre os desafios que ainda precisam ser superados.

Essa conexão não é rápida, estável e confiável o bastante em certas regiões do mundo. Em alguns países em desenvolvimento, conexão à internet é algo caro e instável. A conectividade limitada à web pode ser um gargalo para a adoção em massa do bitcoin.

4. Conscientização sobre o bitcoin

Para que o bitcoin chegue a todas as partes do mundo, as pessoas devem conhecer como ele funciona. Uma forma de conseguir isso é por meio da educação sobre criptomoedas que pode ser realizada pelas redes sociais. As comunidades podem aumentar a conscientização e a adoção do bitcoin por meio do boca a boca ou de diversas plataformas de mídia social.

O bitcoin ainda possui limitações nos dias atuais, mas à medida que transitamos gradualmente para um mundo digital, pode haver uma possibilidade de que as criptomoedas acabem se tornando um dos novos meios financeiros plausíveis. Embora ainda haja desafios regulatórios e técnicos para o bitcoin, sua taxa de adoção vem crescendo.

Pode ser que a moeda ainda enfrente contratempos e desafios antes de ser adotada em massa. Mesmo assim, à medida que pessoas do mundo todo conhecerem e experimentarem suas extraordinárias aplicações, não há dúvida de que esse importante ativo digital se tornará conhecido e utilizado para funções revolucionárias no campo financeiro e em outros setores.